Livro desvenda o universo pictórico do mestre Ataíde

01. São Marcos. Museu da Inconfidência. Ouro Preto/MG
02. Coração de Nossa Senhora. Detalhe do Medalhão do forro da nave de São Francisco da Penitência. Ouro Preto/MG. (Foto: Antônio Cubero).

Morgan da Motta (*)
CRÍTICO/ARTES VISUAIS


Acontece amanhã, de 10h30 às 13h30, na Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa (Praça da Liberdade, 21), o lançamento do livro 'Manoel da Costa Ataíde - Aspectos Históricos, Estilísticos, Iconográficos e Técnicos' (C/Arte, 252 páginas, 44 imagens, R$ 48), organizado por Adalgisa Arantes Campos. Adalgisa convidou nomes que são referências na área para escrever diferentes capítulos. No primeiro, 'Uma releitura da trajetória do pintor marianense', Ivo Porto de Menezes revisa a obra de Ataíde.

O autor levanta com critério as fontes arquivísticas sobre o mestre, estabelecendo um percurso seguro da atuação do artista. O segundo capítulo, 'A pintura de Manoel da Costa Ataíde, no contexto da época moderna', mostra a visão da historiadora Jeaneth Xavier Araújo, que enfoca a transformação dos ofícios mecânicos das artes liberais no declínio da Idade Média e na época Moderna, focalizando a Capitania de Minas Gerais. No terceiro, 'Aspectos da vida pessoal, familiar e artística de Manoel da Costa Ataíde', Adalgisa revela a vida cotidiana do mestre, bem como seus relacionamentos com outros artistas da época, através da leitura de documentos inéditos.

Por sua vez, no capítulo IV, 'Restaurações de pinturas do Mestre Ataíde', a professora e restauradora Beatriz Coelho traz à memória a vivência que teve como coordenadora do CECOR. Finalmente, no quinto capítulo, 'Aspectos técnicos na pintura de Manoel da Costa Ataíde', Claudina Moresi analisa os aspectos químicos que compõem os pigmentos, aglutinantes e suportes usados na obra de Ataíde. De volta ao ponto de partida e encerrando o livro: no Anexo I, 'Pesquisa documental', Ivo Porto de Menezes retoma as pesquisas sobre a trajetória do artista, cotejando a leitura lconográfica com os originais. E, finalmente, no Anexo II, 'A Pintura de Manoel da Costa Ataíde', Adalgisa elabora uma leitura iconográfica e estilística sobre o acervo do pintor a partir dos grandes temas e devoções da cultura barroca: A Virgem Maria, o Cristo, os coros angélicos e visões de êxtases ou paradisíacas, o sacramento da penitência e o culto santoral. A obra pode ser encontrada nas livrarias e na internet, através do site C/Arte.

• www.comarte.com.br


(*) Morgan da Motta é jornalista e crítico de arte. Home Page: www.morganmotta.com. E-mail: mmotta@hojeemdia.com.br)

01.07.2005