Viagem e Oportunidade


FOTOS: DIVULGAÇÃO/AR/PL/EF

1 e 2 - Propostas de Airton Ribeiro
3 - Proposta de Hermelindo Fiaminghi
4 - Objeto de Farnese Andrade e escultura de Stockinger
5 - "Nu ao piano" de Pedro Guedes
6 - Pintura de Inimá de Paula



Morgan da Motta (*)
CRÍTICO/ARTES VISUAIS

Airton Ribeiro, artista plástico carioca residente em Tiradentes há mais de dez anos, inaugura exposição em Belo Horizonte a partir de 19h30 de hoje, na Galeria de Arte Paulo Campos Guimarães, da Biblioteca Luiz de Bessa. É a quinta exposição individual do artista e a segunda em Belo Horizonte.

O tema da mostra é “Viagem”. No entanto, os quadros não mostram paisagens nem cenas urbanas, nenhuma referência física ou geográfica.Não se trata de uma viagem específica, um deslocamento físico, a visão de um lugar qualquer. Para o artista, a viagem - qualquer viagem - é mergulho, introspecção, descoberta, inquietação e, sobretudo, emoção.Como disse o poeta Fernando Pessoa: “Afinal, a melhor maneira de viajar é sentir”.
Enfim, a viagem quebra a rotina, rompe com o cotidiano, submete o viajante ao incerto e ao desconhecido.
Ambiguidades e contradições também estão presentes nas figuras humanas - todas com suas malas ou valises ao lado. São figuras solitárias, pensativas, misteriosas. Alguém espera (o que?). Alguém se despede (até quando?). Alguém acaba de chegar (de onde?).
Airton Mauro Sepúlveda Ribeiro é carioca de 64 anos, e reside em Tiradentes desde 1998. Economista, artista plástico, dublê de dono de pousada e, antes de tudo, artista plástico. Sua mostra pode ser conferida na Galeria de Arte Paulo Campos Guimarães (Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa, Praça da Liberdade, 21).
Outro destaque da semana é o leilão de hoje, a partir de 21 horas, no Palácio dos Leilões. Ao contrário do anterior, megaleilão com preços mais para o alto, o de hoje terá lances a partir de R$ 300 e até os próximos de R$ 50 mil.Entre os best-sellers, consta como Hermelindo Fiaminghi, o construtivista que ilustra a capa e Anita Malfatti.
O leilão começa às 21 horas, na Rua Gonçalves Dias, 1866, Lourdes. Outro leilão, o segundo promovido pela Errol Flynn Galeria, acontece às 21 horas de quinta, com Inimá de Paula, João Câmara e outros expoentes. Na Rua Alagoas, 977. Manobristas a postos a partir de 20h15 da quinta-feira, dia 4 de dezembro.



(*) Morgan da Motta é jornalista e crítico de arte, membro da Associação Brasileira de Críticos de Arte e da Associação Internacional de Críticos de Arte - Orgão da Unesco.
Home Page: www.morganmotta.com
E-mail: mmotta@hojeemdia.com.br


01.12.2008