Duas mostras são destaques da semana


FOTOS: DIVULGAÇÃO

1 - FOTOGRAFIA desconstrutivista de Rodrigo Zeferino
2 - HOMENAGEM as 3 Graças de Botticelli, segundo Thelma Quevedo
3 - MENINA de pés descalços segundo Thelma Quevedoco




Morgan da Motta (*)
CRÍTICO/ARTES VISUAIS

Dois vernissages estão programados para terça feira, no mesmo horário, das 20 às 23 horas. O primeiro reúne pinturas recentes de Thelma Quevedo, da série “Meninas Descalças”, na Galeria do Departamento Cultural e Artístico do PIC-Cidade. O segundo, sob o título “Revelações”, com fotografias ao mesmo tempo experimentais e desconstrutivistas, de Rodrigo Zeferino, na Galeria do BDMG Cultural. São duas estéticas diferentes, a primeira, trafegando pela figura, e a segundo pela paisagem.
Partindo de óleos sobre telas e acrílicas de pequeno formato, Thelma Quevedo executa algumas propostas de porte médio e surpreende pelo conjunto monumental. Outra característica que saltam aos olhos são os elementos tridimensionais, que sugerem interessantes protótipos em nível de esculturas.
O artistas plástico e professor Glauco Morais sintetizou muito bem tal elemento: “Sua fixação em figuras humanas definidas parecem terem sido retiradas do repertório de um escultor, o assento lúdico nas perspectivas e o prodígio dos volumes que se oferecem à uma viagem plástica pela pintura da artista reforça tal opinião”.
A mostra individual de Rodrigo Zeferino, da série “Revelações”, encerra o programa Mostras BDMG de 2007. As fotografias de Rodrigo Zeferino apresentam o registro desconstruído da paisagem, longe do perfil tradicional. O apuro do olhar torna-se, portanto, uma das justificativas diretas para a elaboração de suas propostas (leia-se fotografias).
Zeferino, que é formado em Jornalismo, pela PUC-Minas, ingressou na fotografia aos 18 anos, estimulado pelo curso em que se graduou. Com o tempo, suas fotos foram perdendo o conteúdo informativo para dar espaço à arte e a estética. Zeferino é o último selecionado para expor pelo programa Mostras BDMG deste ano, projeto que existe desde 1989, e é patrocinado pelo BDMG Cultural. O programa seleciona artistas visuais para exibirem ao longo do ano seus trabalhos na galeria. O artista contemplado recebe como apoio para sua exposição o convite, a divulgação e o coquetel para a abertura.


(*) Morgan da Motta é jornalista e crítico de arte, membro da Associação Brasileira de Críticos de Arte e da Associação Internacional de Críticos de Arte (ABCA-AICA).Home Page: www.morganmotta.com. E-mail: mmotta@hojeemdia.com.br

02.11.2007