Até no Japão


FOTOS: DIVULGAÇÃO/GC/CEMIG/AGNUS DEI


1 e 2 - Imaginando o digital: Gustavo Kai, indo dos objetos às gravuras
3 - Invocando o imaginário: gravura em metal da safra de Carlos Murilo
4 - Realçando o figurativo: “Homem com Chapéu Coco”, de Airton Ribeiroo




Morgan da Motta (*)
CRÍTICO/ARTES VISUAIS

Gustavo Kai, belo-horizontino e nipo-brasileiro revelado em uma das edições dos anos 1990 da mostra Resumo HOJE, envia notícias de sua individual no Japão, onde vive e cria há quase uma década. Por sua vez, e aqui mesmo, em BH, Carlos Murilo Valadares destaca a gravura, na Galeria Cemig, e Airton Ribeiro inaugura, com pinturas, o calendário da Agnus Dei.
Revelado pelo RESUMO HOJE, sob nossa curadoria, Gustavo Diniz Kai integrou duas edições de outro projeto organizado por nós, no Museu de Arte Moderna de Brasília e no Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC-USP).
No início da carreira, ele criava esculturas e objetos, elaborados em origami, ora suspensos ora dentro de vasos transparentes, usando e abusando de diferentes suportes dosados de grande criatividade. Agora, expõe na Galeria da Biblioteca Pública da Cidade de Nishio, província de Aichi, a 25 quilômetros da cidade de Nagoya.
O espaço cultural de Nishio, em concreto aparente, abriga um Centro Histórico sobre literatura e a história local, além da galeria que realiza mostras temporárias - de um a três meses. Para se ter uma idéia do projeto, custou à prefeitura local US$ 20 milhões, e representa a arquitetura contemporânea japonesa.
Trata-se de exposição individual recheada de gravuras digitalizadas. Inicialmente, Kai faz os desenhos ou esboços. Em seguida, utiliza grafite e outras técnicas, finaliza tudo no computador e imprime a laser, em séries limitadas como as gravuras convencionais.
O título da mostra é “Print it“ (leia-se “imprima isto”). Inaugurada dia 3 de fevereiro, fica em cartaz até o final de março.
Sem a aura da peça única e com cotações mais bem acessíveis no mercado, o expositor esclarece que ficou feliz e surpreso com a repercussão bastante positiva, sobretudo, entre o público japonês e compradores de outros países. Sem dúvida, é altamente estimulante receber tais notícias e resultados.
De volta a BH: O que há de mais recente da produção do gravador Carlos Murilo Valadares está em cartaz na Galeria de Arte da Cemig. O expositor explica que todas as gravuras foram produzidas nos últimos dois anos; porém, os elementos presentes nas obras são frutos de vários anos de experimentação formal. Daí, as gravuras transitam entre a figuração e a abstração, e assim é com toda a sua produção.
“Não me concentrei em termos específicos; busco em meus trabalhos, quer sejam em desenho, aquarela ou gravura, invocar o imaginário contemporâneo, com todas as suas ambiguidades e sutilezas”, explica Carlos Murilo, que é graduado em desenho pela EBA da UFMG, sendo que, mais recentemente, graduou-se também em Computação, pela Universidade Fumec.
Fechando o leque de novidades da semana, Airton Ribeiro, dublê de jornalista e pintor, inaugura o calendário 2008 da Agnus Dei Galeria de Arte. Hoje residindo na cidade de Tiradentes, ao que parece fugindo do agitado dia-a-dia da cidade de São Paulo, ele opta pela pintura depois de experimentar a cerâmica e a gravura, e fixa-se na pintura figurativa, que é o mote da presente exposição.
Pouco ou quase nada sabe-se desse artista, a não ser que expôs no Centro Cultural da Universidade Federal de São João del-Rei. Como se vê, a marchand Beatriz Abi-cl opta por um talento emergente para inaugurar seu calendário 2008, no lugar de um vanguardista ou contemporâneo.

Carlos Murilo Valadares - Diariamente, de 8 às 19 horas, na Galeria Cemig (Avenida Barbacena, 1200, Santo Agostinho).
Airton Ribeiro
- De segunda a sexta, de 9 às 18 horas e, aos sábados, de 9 às 13 horas, na Agnus dei Galeria de Arte (Rua Santa Catarina, 1155, Lourdes).



(*) Morgan da Motta é jornalista e crítico de arte, membro da Associação Brasileira de Críticos de Arte e da Associação Internacional de Críticos de Arte (ABCA-AICA).Home Page: www.morganmotta.com. E-mail: mmotta@hojeemdia.com.br

03.03.2008