Os caminhos para 2009, na expectativa das artistas mineiros

FOTOS: TONINHO ALMADA

1 - Mauro Tunes, idealizador do Museu Inimá de Paula, grande fato das artes plásticas de Minas Gerais nos últimos meses

2- Anita Uxa, destaque da exposição Resumo HOJE por sua coleção com obras do primeiro time das artes no Brasil



Morgan da Motta (*)
CRÍTICO/ARTES VISUAIS

As perspectivas nas artes visuais para o ano não são lá muito boas. Surgiram várias galerias e novos espaços culturais. Fala-se no fechamento de três desses espaços entre o final de janeiro e o início da fevereiro. Sabe-se que a Leo Bahia, que pautava-se por uma programação nos limites do contemporâneo e das neovanguardas, cerra suas portas no dia 31.

Lamentável, mas espero que ele faça uma reflexão e abra outra(as) galerias, em local mais acessível, em vez do final da Raja Gabaglia, de trânsito carregado e segurança um tanto quanto confusa...
Apesar dos pesares, tem que ser levado em conta que o Léo Bahia sempre apresentou uma programação de alto nível.
Fala-se em parcerias do eixo Rio e São Paulo, bem como com galeristas de Portugal. Que obtenham sucesso, é o que mais desejamos.
Fenômeno notado com as mostras do fim de ano: as lojas de antiquários, como por exemplo Objeto Singular e Sandra e Márcio, com o “casamento” de antiguidades versus arte moderna e contemporânea. Os resultados tem sido positivos.
Loja de artesanato combinada com antiguidade também dá certo. Um bom exemplo? A Boitatá, no alto do Santo Antônio.
Em termos de museus, tivemos a inauguração do Museu Fundação Inimá de Paula em abril, que ganha sala especial no Resumo HOJE, sob nossa curadoria no Museu Inimá de Paula, onde fica até o final deste mês de janeiro de 2009.
Por outro lado, fala-se na construção - projeto de Niemeyer - de um anexo no Museu de Arte da Pampulha (leia-se antigo Casino, que até certo ponto faz às vezes de museu moderno e, por extensão, contemporâneo).
Por fim, fala-se no surgimento de novas galerias lá no entorno do Jardim Canadá. A primeira a ser inaugurada foi a Lemos de Sá, da marchandise Beatriz Lemos de Sá - antiga Kolams da Rua Paraíba, em plena Savassi.
De fato, descentralização funciona como um polo de extensão.
Mas, voltando à mostra Resumo HOJE, promoção do HOJE EM DIA e programa de qualidade para este período de férias.
Depois dos comentários e ilustrações sobre a Sala Especial de Anita Uxa ( O Universo do Colecionador)bem como os espaços do térreo (Museu Virtual), do mezanino e do segundo andar do Museu Inimá de Paula (Acontecimento Artístico Cultural do Ano)e dos artistas convidados Marcelo Prates e Mário Rufino com suas monumentais instalações, hoje nos fixamos em Fred Pena, Joana Vilela Marquez e na gravadora Margarida Campos (talentos emergentes), destaques na quadragésima-segunda edição do Resumo HOJE.
Vejamos quem é quem. Fred Pena, com suas esculturas e outros elementos, destaca-se com uma instalação de porte médio.
Com sua proposta “work in progress”, leia-se trabalho em progresso, a partir das esculturas figurativas na linguagem ou estética dos aramados, ele acrescenta botas, capacetes, escadas e até uma caixa de ferramentas que transforma o conjunto numa instalação hiperrealista.
Margarida Campos, a gravadora, a partir da conjugação de xilogravuras de porte pequeno, realiza uma montagem elevada à instalação.
Finalmente, Joana Vilela Marquez, a única que trafega pela pintura, usa e abusa de figuras modiglianescas - detalhes nos pescoços alongados - utilizando-se do expressionismo. Suas telas em diferentes tons fazem parte de sua griffe; no entanto, surpreendem as obras em tonalidades neutras ou sombrias, com que a jovem artista alcança domínio pleno.
O Resumo HOJE, com seus diferentes módulos, fica em cartaz no Museu Inimá de Paula.
A promoção do HOJE EM DIA tem apoio cultural de Museu Inimá de Paula, Zigma - Importação e Exportação, Super Nosso, Mauro Tunes e VBR Artes Gráficas.
A mostra fica em cartaz até o dia 24. Visitas à Rua da Bahia, 1201, às terças, quartas e sextas, de 10 às 19 horas; quinta-feira, de 10 às 21 horas, e aos sábados, de 10 às 18 horas. Fechado aos domingos e às segundas.
Antes de terminar, obrigado pelas inúmeras - quem disse que mensagens de Boas Festas seria apenas via internet - mensagens visualmente belas e, às vezes com textos que não combinam com as ilustrações.
Com o cartão tridimensionado enviado pelos proprietários da Sandra & Márcio, que levou a “palma de ouro” dentre muitos outros, agradeço e retribuo os votos de boas festas.
Daí, happy 2009 com muita Saúde e Paz...
E, de quebra ano ímpar sempre dá muita sorte.



(*) Morgan da Motta é jornalista e crítico de arte, membro da Associação Brasileira de Críticos de Arte e da Associação Internacional de Críticos de Arte - Orgão da Unesco.
Home Page: www.morganmotta.com
E-mail: mmotta@hojeemdia.com.br


05.01.2009