Arte moderna e contemporânea vai a leilão


FOTOS: JÚLIO HUBNER/ERROL FLYNN/DIVULGAÇÃO

(1) “A Vinda, a Volta, A Ida”, pastel oleoso de 1977, de Álvaro Apocalypse. (2) “Fuga”, óleo sobre tela de Antonio Poteiro, também está no rol da Errol Flynn. (3) “Paisagem de Barbacena”, pintura de Inimá de Paula, feita em 1982. (4) A obra “Laranja”, pintura de Ana Horta, é um dos destaques do leilão de amanhã.




Morgan da Motta (*)
CRÍTICO/ARTES VISUAIS

A Errol Flynn Galeria de Arte realiza amanhã, a partir das 21 horas, seu primeiro leilão de arte moderna e contemporânea de 2007. Os interessados vão poder eleger seus objetos de desejo entre uma seleção de mais de 200 obras captadas
de várias coleções particulares. A obra reproduzida na capa do catálogo é uma pintura de Anita Malfatti, denominada “Paisagem em Veneza”.
Trata-se de uma raridade da década de 20, que permaneceu num acervo particular por décadas em Minas Gerais. No entanto, é possível encontrar, no leilão raridades não só do ícone maior da Semana de Arte Moderna de 22, como também de Tarsila do Amaral, caso da gravura em metal “Paisagem Antropofágica”.
Com relação aos notáveis do “segundo modernismo” (leia-se, após a Semana de Arte Moderna de 22), obras de nomes como Candido Portinari, Pancetti, Di Cavalcanti, Milton Dacosta, Antonio Gomide, Enrico Bianco, OrlandoTeruz, Fúlvio Pennachi e Dario Mecatti, representante da chamada “Segunda Onda”.
Entre os contemporâneos, estão obras dos artistas plásticos Siron Franco, Sérgio Telles, Antonio Dias, João Câmara, Rubens Gerchmann, Reynaldo Fonseca, Cláudio Tozzi e Roberto Magalhães, entre outros.
Finalmente, naquele grupo bastante conhecido e reconhecido como “artistas mineiros ex-alunos de Alberto da Veiga Guignard”: Yara Tupinambá, Chanina, Amílcar de Castro, Álvaro Apocalypse e Jarbas Juarez.
Com relação as gerações intermediária e nova entre os prováveis “best-sellers”: Carlos Bracher, Maurino de Araújo, Ivan Marquetti, Fernando Lucchesi, Marcos Coelho Benjamin, José Bento e a falecida e notável Ana Horta.
Todas as obras apresentam atestado de autenticidade fornecido pelo artista ou pelo responsável legal (fundação, projeto etc) ou pela galeria. O valor das peças adquiridas poderá ser pago em dez parcelas sem juros.

Leilão da Errol Flynn Galeria de Arte - Amanhã, a partir das 21 horas, na sede da Galeria, à Rua Alagoas,977,Savassi. Leiloeiro oficial:Aristóteles Mendes Ruas. Lances prévios e outras informações podem ser obtidas pelos telefones: 3261-1978, 3261-1535, 9942-5588, 9953-5388, 8451-3018 e 8451-3019. Ou pelo e-mail:errolflynn.galeria@terra.com.br Entrada franca.


(*) Morgan da Motta é jornalista e crítico de arte, membro da Associação Brasileira de Críticos de Arte e da Associação Internacional de Críticos de Arte (ABCA-AICA).Home Page: www.morganmotta.com. E-mail: mmotta@hojeemdia.com.br

05.03.2007