Exposição reúne montes-clarenses




01. Carlos Muniz
Foto: Divulgação Errol Flynn Galeria de Arte

02. Konstantin Christoff
Foto: Divulgação Errol Flynn Galeria de Arte

03. Igor Christoff
Foto: Divulgação Errol Flynn Galeria de Arte

04. Yara Tupynambá
Foto: Divulgação Errol Flynn Galeria de Arte

Morgan da Motta (*)
CRÍTICO/ARTES VISUAIS


A Errol Flynn Galeria de Arte abriga, desde ontem, a exposição coletiva "Artistas de Montes Claros", reunindo propostas de Carlos Muniz, Fátima Campos, Fausto Ferreira, Igor Christoff, João Rodrigues e Sérgio Ferreira, liderados por Konstantin Christoff e Yara Tupynambá, uma espécie de "hors concours" do grupo. Enfim, todos eles têm um elo em comum: nascidos ou residentes por um bom período naquela que é considerada "a capital do norte de Minas Gerais". Fiel à paisagem, Yara oferece um novo enfoque, ampliando e diversificando seu universo. Já Konstantin deixa de lado o sacro e trafega pelo erótico com seus nus fazendo contraponto a paisagens marinhas. Carlos Muniz, cirurgião plástico e pintor, ao contrário da maioria, optou pelo neoconcreto, com cortes e recortes com a precisão de uma cirurgia.

Ele acaba de expor nos Estados Unidos e, em companhia de Manfredo Souza Netto, expõe, no momento, em Montevidéu-Uruguai. Finalmente, Fátima Campos, que iniciou suas atividades no Conservatório Estadual Lorenzo Fernandes de Montes Claros, e estudou direito em Belo Horizonte, agora retorna com suas naturezas mortas depois de estudar na Escola Panamericana de Arte e na FAAP, ambas em São Paulo. Fausto Ferreira, dublê de engenheiro e artista, propõe pinturas realçadas pelos relevos quase objetos. Por sua vez, Igor Christoff, com suas acrílicas sobre tela, com a série borboleta, trafega por uma tendência em moda (ou em alta, se preferirem): arte e ecologia. Quanto a João Rodrigues, que também trafega pela acrílica sobre tela, com seu conjunto demonstra que prefere a arte erótica assim um tanto quanto diluída, na linha de um Francis Bacon.

Mostra coletiva de artistas montes-clarenses - Errol Flynn Galeria de Arte (Rua Alagoas, 864, Savassi). Visitação: até o dia 20, de segunda a sábado, das 10 às 22 horas.

(*) Morgan da Motta é jornalista e crítico de arte. Home Page: www.morganmotta.com. E-mail: mmotta@hojeemdia.com.br)

06.12.2005