Fatos e fotos

01 - Fernando Ancil - Detalhe
02 - Fernando Ancil
03 - Desenho de Paulo Augusto


Morgan da Motta (*)
CRÍTICO/ARTES VISUAIS


A junção de duas individuais que resulta na dupla mostra de Fernando Ancil e Gláucio Caldeira, interrompida pela invasão de manifestantes do Movimento dos Atingidos por Barragens, volta ao cartaz na galeria da Cemig. Ancil, que teve três propostas vandalizadas, optou por restaurar uma delas, deixando duas outras do jeito que ficaram, como registro do acontecimento.

Ousadia, experimentalismo e excentricidade são características do trabalho de Ancil que, pela primeira vez, apresenta suas obras numa exposição: “Ob.je.to" é composta por 12 propostas, entre placas, assemblages e caixas de testemunho, tudo criado a partir de materiais descartados, como rolos de papel, metais, pedaços de madeira e peças de máquinas. Uma das obras em destaque é o quarto de Vang Gogh, por sinal vandalizado, montado dentro de uma caixa de louças reaproveitada. O trabalho impressiona pela riqueza e perfeição dos detalhes.

Discutir o processo de constituição e de autoria da arte é a proposta do artista Gláucio Caldeira que, ao contrário de Fernando Ancil, não teve o trabalho vandalizado. Em “My Collection" ele apresenta pinturas, fotografias e objetos de variadas dimensões, baseados em obras de artistas nacionais e internacionais como Vik Muniz, Beatriz Milhazes, Leonilson, Bispo, Jackson Pollock, Cindy Sherman e Andy Warhol.

O próprio Caldeira resume: “Trata-se de uma coleção fictícia de obras de arte em que todos os trabalhos são produzidos por mim, mas no estilo do autor a que se refere, sendo cada trabalho inédito, e não exatamente cópia de um trabalho já existente".
Em outra exposição, para comemorar o Dia do Índio, a galeria do Sesc apresenta um fotógrafo e dois pintores que se rendem à beleza e ao fascínio da cultura indígena...

Eduardo Barbosa, de 27 anos, é autodidata e reside em Divinopólis (MG); trabalhou com criação de estamparias, desenho gráfico e personagens de histórias em quadrinhos; cursou Desenho Artístico e História da Arte no Inap e Pintura com o professor Eugênio Paccelli, no atelier Arte de Pintar.

Tânia Marques, 52, graduada em Comunicação Visual na Fuma, se apresentou em diversas exposições coletivas e individuais em Brasília, Belo Horizonte, Rio e Porto Alegre. Na área da Educação, Tânia atuou como professora na oficina de arte e preparação para o trabalho com portadores de necessidades especiais da Escola Comumviver. No teatro, desenvolveu projetos de cenários para academias de dança e inclusive alegorias carnavalescas.

Alberto Lomen, 54, fotógrafo há 36, considera seu início de fotografia publicitária uma fase importante, pois adquiriu técnicas que mais tarde aplicou em outros projetos. E apesar de decretada a morte da fotografia p&b, Lomen prefere o trabalho sem cor. Durante três anos, de 1999 a 2001, ele fotografou encontros indígenas que eram realizados na Serra do Cipó. As fotos trazem um registro de vários povos em dias de festas. Destacam-se os krenak, maxacali, pataxó e xacriabá, de Minas, Mato Grosso do Sul, Roraima e Bahia.

Encerrando o leque de sugestões da semana, a mostra de desenhos de Pedro Augusto tem vernissage a partir de 20 horas de amanhã, na Tella Galeria de Arte. Pedro Augusto é professor de pintura e desenho na Fundação Escola Guignard (UEMG), onde leciona há 25 anos. Nesta individual, ele apresenta 13 metros e meio de desenhos executados exclusivamente para a mostra, sob curadoria de Cláudia Renault.

Fernando Ancil e Gláucio Caldeira _ Na galeria da Cemig (Avenida Barbacena, 1200, Santo Agostinho). De segunda a sábado, de 8 às 19 horas. Até o dia 19. Eduardo Barbosa, Tânia Marques e Alberto Lomen _ Vernissage amanhã, de 13 às 18h30, na galeria do Sesc (Rua Tupinambás, 956, Centro). De segunda a sexta, de 12h30 às 18h30. Até o dia 28. Pedro Augusto _ Vernissage amanhã, às 20 horas, na Tella Galeria de Arte e Design (Rua Pernambuco, 453, lojas 01 a 04, Savassi). Até o dia 30.


(*) Morgan da Motta é jornalista e crítico de arte. Home Page: www.morganmotta.com. E-mail: mmotta@hojeemdia.com.br)

10.04.2006