Três tempos

PROPOSTA “Transportável", de Artur Barrio (Foto Saniel Couri/MCEA/Divulgação)

No início de 1998, Antônio Manoel e Artur Barrio foram convidados para fazer uma experiência no então novíssimo Museu de Arte Contemporânea de Niterói, projetado por Oscar Niemeyer. A mostra “Ocupações - Descobrimentos", título sugerido pelo curador Luiz Osório, pretendia juntar-se às comemorações dos 500 anos do Brasil; visava, antes de tudo, ocupar os espaços de Niemeyer com instalações que evocassem as suas - nossas - origens portuguesas.
A Antônio Manoel foi entregue o espaço onde a paisagem é presente, quase invasora, e a luz literalmente inevitável; para Barrio, o salão hexagonal, sem paisagem, com luz artificial, uma ampla extensão a ser ocupada. Eram espaços distintos, mas igualmente desafiadores. Barrio criou um ambiente de penumbra, em que uma pequena lâmpada provocava o brilho dos farelos de laca espalhados pelo chão, e odores, embrulhos, tecidos retorcidos e fios tensionados completavam o ambiente: um sonho de olhos abertos e de olhos fechados.
A ampla documentação fotográfica do projeto, sem a junção com o outro módulo do também português Antônio Manoel, corresponde à síntese da mostra a ser inaugurada amanhã, na Manoel Macedo. São apropriações, ocupações, experimentações..., tudo elevado ao que há de mais representativo da arte conceitual, pelo papa maior do conceitual no Brasil.
Em outra exposição, o belo-horizontino Rodrigo Guimarães, 34 anos, publicitário de profissão e artista autodidata, mostra sua nova safra a partir de amanhã, no Murilo Castro Escritório de Arte. Seus desenhos e pinturas abstracionistas e geométricas, com traços repetidos obsessivamente ad infinitum, provam suas origens na publicidade e nas artes gráficas em geral, apesar de sua insistência em se dizer autodidata.
O conjunto é de composições fragmentadas, sugerindo azulejos seccionados e conjugados, plantas baixas, vistas aéreas, enfim, composições bem construídas e conjugadas. À primeira vista, parecem colagens, mas saltam aos olhos mil e uma possibilidades.
Entre as exposições de Guimarães, se destacam as individuais que fez no PIC E no banco BNP, além de coletiva de arte brasileira em Paris e na Áustria, quando expôs sua arte ao lado de conceituados artistas brasileiros de duas gerações.
Outra exposição que deve ser vista, e está em seus últimos dias, é o tradicional Resumo HOJE, na Grande Galeria do Espaço Cultural da Telemar. A coletiva, com 120 obras de sete artistas, sob nossa curadoria, visa, antes de tudo, dar realce merecido àqueles que mais se destacaram nas artes visuais no ano passado.
A coletiva está dividida em três módulos. O primeiro, “O Universo do Colecionador", reúne obras da colecionadora e museóloga Conceição Piló _ a síntese da arte brasileira (moderna e contemporânea), complementada com alguns nomes latino-americanos e escultores populares do Brasil.
O módulo 2, “Exposição do Ano", apresenta pinturas acrílicas - da série Alegorias - recentes de Décio Noviello, em função de suas mostras na Itáu Cultural e no Espaço Cultural da PUC, ambas realizadas no ano passado, mais uma instalação que corresponde à trajetória do artista e da obra.
Finalmente, o módulo 3, “Talentos Emergentes", é composto por artistas convidados, representantes das novas gerações, que se somam às outras duas aqui destacadas. São jovens de nítidas virtudes, com com suas pinturas, objetos e instalações, inseridos na arte contemporânea em suas relações internacionais.
Os convidados são Erik Fontes, Laís Sobral, Marcus Amaral e Priscila Gonçalves Viana _ essa última, premiada na Tate Modern Gallery de Londres, num projeto da Unilever aberto a estudantes adolescentes de todo o mundo.

Artur Barrio _ Vernissage amanhã, de 19 às 23 horas, na Manoel Macedo Galeria de Arte (Rua Lima Duarde, 158, Carlos Prates). Visitas de 9 às 19 horas, de segunda a sexta; aos sábados, de 10 às 14 horas. Até 3 de janeiro.
Rodrigo Guimarães _ Vernissage amanhã, no Murilo Castro Escritório de Arte (Rua Paraíba, 2132, Savassi). Visitas de 10 às 20 horas, de segunda a sábado. Até 6 de dezembro.

Resumo HOJE _ Promoção do HOJE EM DIA em parceria com a Telemar. Na galeria Telemar (Avenida Afonso Pena, 4001, Mangabeiras), de 8 às 20 horas, inclusive aos domingos. Para visitas guiadas, entrar em contato com a gerência de Relações Institucionais da Telemar, pelo telefone 3229-2059. Até domingo.

Morgan da Motta
24.11.2003