Carnaval visual


FOTOS: MARCUS MACHADO/DIVULGAÇÃO

Propostas carnavalescas de Roberto Mascarenhas nas fotos menores e escultura de Sonia Toledo



Morgan da Motta (*)
CRÍTICO/ARTES VISUAIS

Roberto Mascarenhas, provavelmente o maior e principal pintor do carnaval brasileiro, apresenta o que há demais recente de sua produção na mostra “Carnaval Legal”, na Galeria de Arte do PIC Cidade. O formato didático - e até certo ponto interativo - registra principalmente o carnaval carioca em todas as suas facetas. Para os que ficam em Belo horizonte, onde o Carnaval passa quase batido, uma boa dica é dar uma olhada na exposição. Desta vez, seus óleos sobre telas não se restringem a pierrots, colombinas, mascarados, sambistas, passistas e destaques de escolas de samba. Reunidos por todo os espaços da galeria, há drags queens,comoIsabelita dos Patins e Priscila; travestis, porta-bandeira e mestre-sala e até mesa de jurados e candidatos ao concurso de Fantasias de Luxo, do Baile do Hotel Glória. Carros alegóricos da Sapucaí e o retrato com fantasia de luxo do símbolomaior do carnaval do Rio durante quase seis décadas,Clóvis Bornay, encerrama mostra.


Escultura figurativa de Sônia Toledo
Na sequência do Domingo Cultural Porcão, depois de GlaucoMoraes, lá também estão reunidos diferentes fases e técnicas de Sonia Toledo, em nível do Tridimensional (leia-se esculturas de porte grande e pequenos formatos). Os trabalhos reunidos são coerentes com a trajetória da escultora e ceramista.A conceituada artista plástica ganha
uma pequena, porém bem vinda mostra. São quatro esculturas em concreto armado, com cerca de dois metros de altura,na suamaioria, comacabamentosempátina e bronze.
Por sua vez, propostas menores em outros materiais, dentro da técnica da cerâmica, estão na sala maior do restaurante, o que não compromete a artista.


Salão Quasiarte
Numa iniciativa do Grupo Oficina Multimídia e resultado da seleção do Sindicato dos Artistas Plásticos do Estado deMinasGerais (Siapeemg), serão exibidas. a partir de dia 13 até o mês de abril o trabalho de 41 artistas. O Verão Arte Contemporânea 2007
acontece no saguão doTeatro FranciscoNunes (Parque Municipal) com visitas previstas de 14 horas às 20 horas, de terça feira a domingo. A seleção foi feita pelos críticos Lydia Felippe, Morgan da Motta e professora e artista plástica Maria da Glória Lanza.
Na próxima semana, serão divulgados os nomes dos selecionados com pinturas, esculturas, objetos e instalações e os módulos
distribuídos em blocos semanais, a serem inicialmente exibidos. Jorge Santos, presidente do sindicato, pelo alto nível dos selecionados, pretende realizar uma mostra paralela.


“Carnaval Legal” , mostra de pinturas de Roberto Mascarenhas. Galeria de Arte Pic Cidade (Rua Cláudio Manoel, 1185, Funcionários). Em cartaz até o dia 28, de segunda a sábado, das 7 às 22 horas.


(*) Morgan da Motta é jornalista e crítico de arte, membro da Associação Brasileira de Críticos de Arte e da Associação Internacional de Críticos de Arte (ABCA-AICA).Home Page: www.morganmotta.com. E-mail: mmotta@hojeemdia.com.br

12.02.2007