VISUAIS

Artes na semana: Destaque para mostras Cemig, Sesc & Biblioteca



FOTOS: DIVULGAÇÃO

1 - Alan Fontes

2 - Portinari

3 - Ligia Vellasco


Morgan da Motta (*)
CRÍTICO/ARTES VISUAIS


Alan Fontes na Cemig

A Galeria Cemig apresenta até o dia 2 de setembro, a exposição Kitnet do artista plástico Alan Fontes. A mostra surgiu em meio a nova rotina do expositor: a separação do espaço da casa do atelier. O artista explica que os objetos acumulados no atelier se misturaram às coisas da casa e acabavam por diluir os limites entre as questões do trabalho artístico e da vida pessoal.Habitar uma casa atelier fazia com que os objetos presentes nas instalações e de uso doméstico pertencessem, simultaneamente aos dois universos, conta.
Kitnet refletiria os estagio de transitoriedade em que o processo criativo do artista estaria imerso. Enfim, a mostra busca estabelecer um retrato parcial de sua proposta como artista, divulgando seu projeto de pesquisa de mestrado intitulado Rumos da pintura na Era da Imagem Técnica. Por fim, além das pinturas das séries A Casa e A Cidade, o que proporciona a tridimensionalidade, a apropriação, bem como duas instalações fazendo "pendant" com objetos agrupados ou isolados.Vai da apropriação até atingir às instalações, expandindo para a parede, o chão e até o teto da galeria.

- Fica em cartaz até o dia 2 de setembro, na Galeria de Arte da Cemig, à Avenida Barbacena, 1200, no Bairro Santo Agostinho com visitas incluso aos sábados e domingos.

Portinari: Trabalho e jogo no Sesc

Organizado pelo SESC Departamento Nacional em parceria com o Museu da Chácara do Céu do Rio de Janeiro, visa antes de tudo, divulgar para o grande público e, especialmente para as crianças, a obra de um dos ícones da pintura modernista brasileira: Cândido Portinari. Tem como finalidade observar a trajetória de Portinari como um resultado de um processo de criação artística, no qual se associam o trabalho e o jogo. Dividida em temas: trabalhos, jogos infantis e festas populares. Consta de 26 reproduções fotográficas e material didático gratuito. para crianças a partir de 3 anos e dos 7 aos 12 anos.Visando estimular, principalmente as crianças a observar, desenhar e identificar detalhes das obras da referida mostra coletiva.

- Em display na Galeria SESC, Rua Tupinambás, 956, 1° Andar, poderá ser visitada das 10 às 18 horas, das segundas as sextas ate o dia 27 de agosto. Recomendamos com entusiasmo principalmente para crianças e jovens no geral.

O apocalipse numa visão de Ligia Vellasco

A artista plástica Ligia Vellasco, mineira de São João Del Rey, apresenta individual na Galeria Paulo Campos Guimarães da Biblioteca Pública Luiz de Bessa, tendo como tema o Apocalipse, ou seja, o último livro da Bíblia Sagrada.


(*) Morgan da Motta é jornalista e crítico de arte, membro da Associação Brasileira de Críticos de Arte e da Associação Internacional de Críticos de Arte - Orgão da Unesco.
Home Page: www.morganmotta.com
E-mail: mmotta@hojeemdia.com.br


16.08.2010