Flores, FORMAS, fartura



FOTOS: DIVULGAÇÃO/JOSÉ REIS


1 - Inspiração das cores da natureza na pintura com a marca registrada de Carlos Bracher, um dos destaques da semana nas galerias

2 - Fragmentos de Juçara Costa: dublê de atriz e artista plástica que, sem dúvida, não perde tempo e oportunidade para ser performática


Morgan da Motta (*)
CRÍTICO/ARTES VISUAIS


Os destaques da semana são duas individuais e uma coletiva, a serem inauguradas hoje e amanhã. A individual de Juçara Costa, na Contemplo Galeria de Arte, tem vernissage a partir das 19 horas. Por sua vez, amanhã, será a hora e a vez da coletiva na Associação Israelita de Belo Horizonte, sob o título "Sete Artistas, Sete Tendências" com Carlos Bracher, Chico Ferreira, Fani Bracher, Fernando Pacheco, Jarbas Juarez Antunes, Virginia de Paula e Yara Tupinambá.

Por fim, também amanhã, a partir de 20 horas, individual de Marcelo AB na Galeria Agnus Dei. Como se vê, uma semana recheada de vernissages, enquanto as mostras de fim de ano de Natal ficam escaladas para a próxima semana. Sob o título "Fragmentos", Juçara Costa apresenta o que há de mais recente de sua produção, na conhecida galeria de arte do Santo Antônio. Sem expor desde o início do ano quando expôs a série "Oroboro", no Espaço Cultural Mannesmann, com fase nova que corresponde a uma proposta antes de tudo: interativa. Farão parte da exposição aproximadamente 50 telas, a maioria nas medidas de 0,25 x 1,50, que ficarão à disposição do público que, até janeiro, "poderá montar painéis, brincar, renovar e o mais importante: criar", registra a artista. Juçara Costa não perde tempo para ser performática, apresentando o conteúdo à medida que ampliamos nosso olhar.

Continuação>>>

.
(*) Morgan da Motta é jornalista e crítico de arte, membro da Associação Brasileira de Críticos de Arte e da Associação Internacional de Críticos de Arte - Orgão da Unesco.
Home Page: www.morganmotta.com
E-mail: mmotta@hojeemdia.com.br


16.11.2009