Liberdade para criar



Morgan da Motta (*)
CRÍTICO/ARTES VISUAIS

DESTAQUES : "Bicicleta", de Conrado Almada , "Mãos", de Tiago Fazito e "Casa da Fé", acrílica sobre madeira, de José Amâncio (Fotos Roberto Rocha)

O artista plástico José Amâncio, habitué do cenário das galerias não comerciais (leia-se espaços culturais) de Belo Horizonte, está de volta com esculturas, objetos e relevos, na galeria do Fórum Lafayette.
Ele selecionou 20 trabalhos elaborados em ferro e madeira, justificando que as obras têm a marca da diversidade, o que sempre caracterizou sua produção e sua preocupação ao longo de três décadas: “Procurei, com as peças selecionadas, apresentar formatos, cores e técnicas diversas, para abordar temas igualmente variados. Além disso, passando por figuras emblemáticas, me inspiro em símbolos, signos e enigmas".
Mineiro de Passatempo, José Amâncio de Carvalho é graduado pela Fundação Escola Guignard (1974) e especializou-se em Artes Plásticas pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais, na década de 80.
Entre suas obras mais recentes destacam-se o monumento “Cristo Redentor", em Ibirité, e os seis bustos em bronze criados para a Fundação Palácio das Artes de Belo Horizonte, representando o pintor Alberto da Veiga Guignard, a cantora Lia Salgado, o maestro Sérgio Magnani e o professor de balé e coreógrafo Carlos Leite, um dos pioneiros das coreografias e do balé clássico em Minas Gerais.
Outra atração da semana é que uma nova galeria da cidade resolve escalar elenco originário do virtual, via blog, saltando do underground para o stablishment. Trata-se do Atelier Mamacadela, que reúne os onze artistas do grupo “5vs.1", apresentando vários trabalhos, do grafite às imagens digitais, passando pela aquarela, gravura e pintura. Traço popular com a influência urbana e pitadas da irreverência da arte independente são o mote da coletiva.
Em comum, os expositores têm apenas o desenho undergound e compromisso com a liberdade criativa. A técnica e o suporte ficam a critério de cada um, sem padrões pré-definidos. Para alguns, a tela é a própria parede; para outros, o espaço de criação é o computador. Capas de livros alinhadas servem de suporte à pintura, que também é encontrada em convencionais telas ou em grandes painéis.
Sem perder de vista a influência urbana, o grupo “5vs1" utiliza técnicas diversificadas. Uma ou mais técnicas de desenho podem ser encontradas no mesmo trabalho, mostrando, muitas vezes, o limite muito tênue entre o design gráfico e as artes plásticas.
No entanto, o grupo faz questão de ressaltar que o compromisso é com o trabalho independente, que transita entre as várias linguagens. A liberdade de criação e a ausência de padrões pré-definidos fazem da exposição um espaço coletivo de criação autoral.
Para os integrantes, o diferencial é o incentivo à produção que busca caminhar com as próprias pernas, sem precisar de aprovação de críticos de arte (ótimo para os críticos) ou de galerias (muito bom para os marchands). Daí, espaços como o Atelier Mamacadela, de caráter independente, são alternativas para expor o trabalho e atingir aqueles que não têm nenhuma informação de internet e blogs. Além de possibilitar uma resposta imediata do público, o blog também incentivou os artistas a produzirem mais e a conhecerem outros desenhistas.
Integram a coletiva: Alexandre Braga, Alexandre Telles, Angelina Camelo, Binho Barreto (ele está na lista do Resumo HOJE 2006), Conrado Almada, Denis Leroy, Fernando Rabelo, Fred Paulino, Gustavo Maia, Patrícia Caetano e Tiago Fazito _ que, apesar de oriundo do cenário blog e underground, participou de meia dúzia de mostras sob nossa curadoria, aqui, em São Paulo, no Centro Cultural Usiminas e até em Paris.

José Amâncio - Na galeria do Fórum Lafayette (Avenida Augusto de Lima, 1456, Barro Preto). De segunda a sexta, de 10 às 17 horas. Até 30 de março.
Artistas independentes - No Atelier Mamacadela (Rua Pouso Alegre, 2048, Santa Tereza), de 18 às 22 horas. Até 16 de março.


(*) Morgan da Motta é jornalista e crítico de arte. Home Page: www.morganmotta.com. E-mail: mmotta@hojeemdia.com.br)

20.02.2006