Leiloeiro comemora 35 anos com oferta de raridades


FOTOS: PALÁCIO DOS LEILÕES

Paisagem urbana de Emeric Marcier (1) feita pintada com aguarela em 1988, e Composição (2) de Lothar Charoux, são algumas das preciosidades do leilão



Morgan da Motta (*)
CRÍTICO/ARTES VISUAIS


O Palácio dos Leilões, que realiza leilões comemorativos ao seu 35º aniversário de fundação, dá sequência ao seu calendário 2008. O martelo começa a bater às 20h30 de hoje na negociação de preciosidades em obras de arte. Na lista de pinturas estão Bustamante Sá, Herculano Campos, Manoel Santiago, Bax, Inimá de Paula, Antonio Maia, Maria Helena Andrés, Pedro Alexandrino, João Câmara, com óleo sobre tela e guache e finalmente, Paul Brenner, Francisco Rebolo e Aldo Malagoli.
No lote das gravuras, desenhos e guaches, tem uma preciosidade de Lothar Charoux, por sinal, líder do movimento neo concreto de São Paulo e da série premiada numa das mostras de arte contemporânea do Museu de Arte da Pampulha, na década 70. Outra preciosidade, o nanquim de Alberto da Veiga Guignard, além de desenhos de Tarsila do Amaral e aquarela de Emeric Marcier.
Destaque, no leilão, para as esculturas de Amílcar de Castro, Maurino, Sonia Ebling, Bruno Giorgi, Francisco Stockinger e Fátima Santiago. Existem outras riquezas como Vicente do Rego Monteiro, Emiliano Di Cavalcanti e Artur Luiz Piza para leiloar.
Os leilões de décadas passadas tiveram predomínio de refugos do eixo Rio e São Paulo. O Palácio dos Leilões promete oferecer ao admirador e comprador de obras de arte um elevado nível de garantia e procedência como merece o mercado em geral e colecionadores.

Leilão de obras de arte no Palácio dos Leilões, hoje, a partir das 20h30 - Rua Gonçalves Dias, 1866, Bairro de Lourdes.


(*) Morgan da Motta é jornalista e crítico de arte, membro da Associação Brasileira de Críticos de Arte e da Associação Internacional de Críticos de Arte (ABCA-AICA).Home Page: www.morganmotta.com. E-mail: mmotta@hojeemdia.com.br

30.06.2008